domingo, 8 de janeiro de 2012

Cuidados: Como tratar unhas quebradiças?

OI GAROTAS!
TUDO BEM??

Como foi a passagem de ano para vocês? A  minha foi legal, e estou bastante ansiosa para este novo ano... 
Bem, vamos lá ao nosso Primeiro Post de 2012! 

Meninas, há mais ou menos 1 mês eu estou observando uma mudança terrível em minhas unhas, elas estão com dificuldade para crescer e quebrando com muita facilidade, mas não é nenhum mistério para mim diagnosticar a causa de tudo isso: O uso excessivo de Esmaltes a Acetona... FATO!
Mesmo usando Hidratante e Fortalecedor, o uso excessivo desses produtos danificam as nossas unhas, mas tbm há outros fatores causadores desses problemas... Pesquisando na net descobri várias coisas e resolvi postar para vocês. Vamos conhece-los agora:

Como isto ocorre?

As unhas das mãos e dos pés são compostas por camadas de proteina. A espessura e a força das unhas são herdadas. Na pessoa com unhas quebradiças há separação ou quebra das camadas que compõem a unha.

Quais outros sinais e sintomas que podem estar associados a este sintoma?


Os sinais e sintomas sugestivos de unhas quebradiças incluem: 
- descamação na ponta da unha 
- quebra com facilidade 
- dificuldade das unhas para crescer


Quais são as causas e quais os riscos do sintoma?

A causa principal de unhas quebradiças é o ressecamento extremo da unha. Algumas pessoas tem uma predisposição genética a este tipo de problema. Conforme envelhecemos, nossas unhas tornam-se mais frágeis, secas, e assim quabram-se com maior facilidade. Ar seco, como no verão com o uso  de ar condicionado, pode causar ressecamento da unha.
Algumas doenças  podem causar unhas quebradiças, por exemplo: 
- hipotireoidismo, uma doença causada por níveis baixos de hormônio tireoidiano 
- fenômeno de Raynaud, uma doença que afeta as artérias dos braços e das pernas 
- doenças de pele como psoríase, dermatite atópica e eczemas em geral. 
- doenças endócrinas, como a sindrome de Sjogren-Larsson, que também causa pele seca 
- desnutrição

Fatores que podem aumentar a chance de uma pessoa apresentar unhas frágeis incluem: 
- lavagem freqüente das mãos 
- exposição prolongada ao frio seco 
- queimadura solar 
- exposição excessiva a produtos químicos, como removedor de esmalte 
- lesão repetida das pontas dos dedos


O que pode ser feito para prevenir este sintoma?

Pessoas com este tipo de problema devem limitar a quantidade de sabão utilizado para lavar as mãos, assim como o tempo de exposição de suas unhas à água. O uso de sabonetes suaves, hidratantes pode ser de grande auxílio. 
Após secar as mãos com uma toalha, deve-se aplicar um hidratante na pele e nas unhas. Os hidratantes disponíveis para venda ao público incluem: 
- hidratantes cosméticos, que dão alívio rápido do ressecamento mas duram apenas enquanto são aplicados. Para pessoas com unhas levemente frágeis ou cujo problema se manifeste de forma intermitente, um hidratante cosmético pode ser suficiente para resolver esta sensação de pele seca. 
- hidratantes terapêuticos, que podem agir como uma barreira, impedindo a evaporação da água das unhas. Muitos hidratantes terapêuticos contém óleo mineral, petrolatum ou uréia.

Outras medidas para evitar unhas quebradiças: 
- usar luvas protetoras sempre que possível 
- evitar exposição prolongada à água, como nadar. 
- evitar exposição a produtos químicos que irritem a pele e as unhas. Alguns tipos de removedores de esmalte são mais suaves que outros.

Várias vitaminas e sais minerais já foram avaliados para o tratamento de unhas frágeis, mas nenhum deles se mostrou eficaz.

Como este sintoma é diagnosticado?

Através do exame da unha pelo médico. Quando uma causa orgânica como problemas de tireóide é suspeitada, exames de sangue podem ser solicitados.

Quais os riscos para as outras pessoas?

Unhas frágeis não são contagiosas e não representam risco algum para as outras pessoas.

Quais são os tratamentos disponíveis?

Devem ser tratadas da mesma forma que são prevenidas, seguindo as orientações para o banho, e usando hidratantes. Esmaltes fortalecedores podem auxiliar, mas devem ser usados com cautela, pois o seu uso em uma freqüência exagerada pode levar a uma piora do quadro, após uma melhora inicial.

Copyright: Clinical Reference Systems 2000

Eu estou usando Hidratante a base de Uréia, espero ter logo um resultado positivo e voltar a esmaltar as minhas unhas. Vou passar um período sem postar esmaltes por motivo de força maior... hauhuhau...

Xerux :)

6 comentários:

  1. a minha tbm ta assim. adorei o 'faq'
    bjokas e boa sorte
    www.chatofbeauty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. oie, vim conhecer seu blog e amei!!!
    estou seguindo, me segue tbm?
    bjooooooo

    ResponderExcluir
  3. Eu nao tenho esse problema com as minhas, crescem ateh demais.
    Bjos
    Aline

    comprasdemulheres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, amiga!! Passando p informar q já lançamos a 2ª etapa da promo Top Comentaristas! Estaremos sorteando brindes diversos a cada 2 ou 3 meses entre os seguidores q mais comentarem! Esse mês o prêmio foi um livro e quem ganhou foi a Sheyla, parceira Vou-de-Blog, e dona do blog http://blogdmulheres.blogspot.com/
    Bjinhos.
    Lu

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, adorei as dicas e o blog.. seguindo!

    Conheça o 2BeTrend, tem sorteio bapho rolando.
    Te espero lá,

    bj Má
    2betrend.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga!!!
    Nossa!!! Amei seu blog, suas dicas então...
    Visitei e vou te seguir!!!
    Visite o meu e se gostar me segue, já curte
    sua página no face,ok?
    Abraços e até mais...
    Silmara

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar o post! Sua opinião e participação é muito importante para o NCAC.
Deixe seu link e eu retribuo a visita, me segue e eu te sigo, assim ficaremos mais próximas (os). Um Xerux:)

Nati